Quartel de Bombeiros do Porto Santo

Concurso Público de Concepção para o Quartel de Bombeiros Voluntários do Porto Santo - Madeira

Concepção do Quartel de Bombeiros Voluntários do Porto Santo - Madeira.
O Projecto foi elaborado em co-autoria com a Arq. Ana Carina Figueiredo e em colaboração com o Gabinete de Engenharia, Limite Aedificandi Lda.
A proposta classificou-se em 6º lugar, de um total de 28 participantes.
 
O edíficio proposto a concurso, é composto por três corpos distintos.
 
Um, o bloco A, em tudo mais simples, regrado e “discreto”, implanta-se paralelo à via de acesso, é mais ortogonal e paralelepipédico, e tem um acabamento mais simples e convencional, em reboco branco. Neste bloco demarca-se um muro de pedra negra da região, com propósitos metafóricos de concepção e materialidade e até de sustentabilidade. Surge como elemento de excepção, pela materialidade que apresenta e pela própria implantação, enviusado face ao bloco e à via de acesso, resulta num maior dinamismo do alçado.
 
O outro corpo, o bloco B, implantando-se obliquamente face à estrada, torna-se ainda mais dinâmico, sofre uma mutação na forma paralelepipédica que lhe está na base. Tem um revestimento de fachada em madeira natural, que fixada através de prumos verticais, garante um afastamento à parede favorecendo a ventilação natural da fachada.
 
O terceiro volume, estabelecido pela delimitação dos dois anteriores, e pelo perímetro do terreno, corporiza a parada de exercícios, coberta e encerrada através de um volume muito simples formal e materialmente, onde a primazia foi dada à funcionalidade e racionalidade do espaço.
 
Este é um edifício cuja concepção se baseia na ecologia, na sustentabilidade e sobretudo no uso de recursos energéticos renováveis. Nesse sentido, a nossa proposta beneficia de recursos ligados à energia solar, ao aproveitamento das águas pluviais, aos princípios de concepção da arquitectura solar passiva, e aos próprios materiais utilizados. 
Back to Top